Leitura da linguagem corporal do seu cão

Lendo a linguagem corporal do seu cão

Uma das razões pelas quais os cães são animais de estimação tão bons é a sua capacidade de se comunicar com as pessoas. Na verdade, eles frequentemente são melhores em nos entender, do que nós a eles em termos de linguagem corporal. Mas se você conseguir entrar em sintonia com a postura do seu cão, orelhas, boca, pele e cauda, você conseguirá claramente entendê-lo.
Sorriso torto: "Vamos ser amigos!"
Lábios retraídos mostrando os dentes: "Não chegue mais perto!"
Como acima e mais um grunhido: "Eu estou avisando!”
Orelhas em pé: "O que foi?"
Orelhas retraídas ou abaixadas: "Me ajuda, eu não estou seguro.”
Olhos apertados: "A vida não é ótima?!" Ou "Eu sou apenas um filhote, por favor, seja legal comigo!"
Olhos bem abertos: "Apenas deixe-me ver o carteiro, o gato, o esquilo, a galinha de borracha!”
Pata dianteira levantada: "Vamos brincar!"

Giro rápido e latidos: "Vamos brincar agora!"
Girando ao seu redor ou em volta de outro cão: "Vamos brincar de pegar!"
Postura empinada, orelhas, cauda e pescoço de pé: "Eu sou o cão TOP!"
Como acima, mais abano de cauda de forma lenta e rosnado: "E não se esqueça disso!”
Frente abaixada, cauda baixa e abanando exageradamente: "Você é o chefe"
Como acima, com lambidas: "Eu sou o seu melhor amigo!"
Rolando de costas: "Meu destino está em suas mãos!"
Rabo abanando livremente: "Eu estou feliz! Vamos ser amigos! "
Rabo abanando horizontalmente, de forma lenta: "Cuidado, eu posso morder!"
Rabo baixo preso sob o quadril: "Estou com medo!"
Rabo abanando para baixo: "Eu sinto muito"
(Algumas raças, como Whippets e os galgos, naturalmente tem sua cauda fixada para baixo. Mas, geralmente, uma cauda elevada em cerca de 45 graus em relação à coluna já mostra interesse e atenção.)