Vermes

Vermes

Os cães têm um interesse nada saudável pelas fezes de outro cachorro, mesmo que estejam cheias de todos os tipos de vermes. Isso pode causar uma série de sintomas desagradáveis, mas existem diversos métodos de desparasitação muito eficazes, por isso não há porque ter pânico.

Prevenção

Não há como acompanhar o tempo todo o que o seu cachorro come ou lambe. Você até pode ajudar, recolhendo as fezes que eventualmente encontrar no seu bairro, bem como recolher a sujeira de seu próprio cão. Importante lembrar que os vermes caninos podem facilmente infectar pessoas também, especialmente as crianças.

Um cão infectado por vermes pode não apresentar quaisquer sintomas no início e aparentar estar saudável, portanto coloque em sua lista de ações para quando você levá-lo ao veterinário. Muitos donos dão aos seus cães, periodicamente, um comprimido de vermífugo, como parte da rotina do seu cão. Seu veterinário poderá aconselhá-lo sobre quantas vezes você deve vermifugar seu cão e qual o melhor tratamento a ser aplicado.

Se seu cão apresenta algum destes sintomas, entre em contato com o seu veterinário imediatamente:

• Narina seca e quente
• Cansaço ou a falta de interesse por passeios e brincadeiras
• Falta de apetite
• Olhos lacrimejantes e caídos
• Lábios e gengivas pálidas
• Respiração mal cheirosa
• Tosse seca
• Pele avermelhada, com espinhas ou irritada
• Pelagem seca e caindo
• Fezes com sangue ou com filamentos esbranquiçados
• Coceira no ânus, fazendo com que seu cão se arraste pelo chão.

Com que frequência devo vermifugar meu cachorro?

Os cães são propensos a dois tipos de vermes: lombrigas e tênias. Nem sempre, obviamente, um cachorro tem verme, porém a desparasitação periódica é uma precaução bastante sensata. Filhotes devem ser vermifugados assim que tiverem idade suficiente. Peça orientação ao seu veterinário.

Tratamentos contra vermes se apresentam de várias formas: pós, comprimidos, pastas e líquidos e sua aplicação deve ser repetida de acordo com as instruções do fabricante, normalmente a cada três ou quatro meses.

Se o filhote tiver pulgas devem ser vermifugados com mais frequência, visto que as pulgas muitas vezes carregam as larvas do verme.