Qual cachorro ou filhote é ideal para você?

Qual o filhote ou cachorro adequado para você?

Um filhote correto vai fazer da sua vida uma alegria. Mas se, por acaso, você não tiver energia, tempo ou espaço para cuidar de um filhote, será melhor optar por um cão adulto, ou até mesmo um gato!


Quanto tempo você tem para dedicar ao novo filhote?

Filhotes ficam tristes se não receberem atenção suficiente. Você também vai precisar dedicar bastante tempo para treinamento, exercícios, brincadeiras e cuidados, (especialmente com cães de pelo longo). É uma atividade diária.


Quanto exercício você pode dar o seu cachorro?

A menos que seu cachorro seja do tipo “toy”, muito pequenininho, você terá a responsabilidade de levá-lo para passear pelo menos duas vezes ao dia.


Quanto espaço você tem?

Um cão grande irá destruir um pequeno jardim para enterrar seu osso. E dentro de casa, um cachorro grande vai precisar de um bom espaço para descansar e se movimentar.


Qual é o seu orçamento?

Além do custo inicial da compra, você terá uma série de despesas ao longo da vida do animal: veterinário, ração, vacinas e medicamentos, canil e, para as raças de pelo longo, cuidados de banho e tosa.


Porque você quer um cachorro?

Você deve considerar a necessidade de ter um cão. Se é para companhia, proteção, trabalho ou competição. Além disso, se você pretende levar seu cachorro para o trabalho, tenha em mente que algumas raças são mais fáceis de lidar do que outras. Não se esqueça de considerar um SRD (Sem Raça Definida), pois eles podem ser muito dóceis e carinhosos.

Com pedigree ou raças mestiças?

Os filhotes com pedigree normalmente tem temperamento e estrutura física típicos do padrão da raça. Os filhotes mestiços ou vira-latas são menos previsíveis, mas podem combinar o melhor de várias raças.


Há casos de alergia na família?

Algumas raças são criadas para serem não alérgicas. É bom verificar isso com atenção, observando o filhote e sua mãe.


Macho ou fêmea?

Cabe a você escolher. Nós acreditamos que ambos são excelentes animais de estimação. Lembre-se que as fêmeas entram no cio duas vezes ao ano e precisarão de cuidados especiais nesses períodos. Os machos não castrados irão procurar as fêmeas nesses períodos para se reproduzir. Em ambos os casos, se você não pretende ter novos filhotes a partir do seu, deverá se informar com o veterinário sobre a castração para evitar crias indesejadas.


E que tal um cachorro adulto?

Ter um cão adulto pode ser tão gratificante quanto um filhote. Ele pode, inclusive, já ter recebido treinamento e aprendido algumas habilidades bastante úteis, como caminhar à frente de seu condutor, sentar ou se comportar.

No caso dessa escolha, procure o máximo de informações sobre o temperamento do animal e, antes de levá-lo, experimente dar uma caminhada com ele para avaliar seu comportamento. Seja sempre honesto com você mesmo. Se a sua primeira escolha não se encaixa na maneira como você vive, pesquise mais um pouco, até descobrir o seu tipo ideal de cachorro e fazer a escolha certa.