Casa à prova de cachorro

Sua casa à prova de cachorro

Não leva muito tempo, nem dá muito trabalho para tornar a sua casa segura para receber um cachorro. Abaixo indicamos o que você deve observar.

Perigos dentro de casa

• Tenha cuidado com os objetos de materiais macios. Dependendo do que o seu animal engolir, você terá uma emergência médica real.
• Chocolate é altamente tóxico para os cães. Caso queira agradar o seu cão, procure pelos petiscos PEDIGREE® nas lojas da sua cidade.
• Plantas. Existem alguns tipos de plantas que são venenosas, a dieffenbachia (cana-de-burro), lírios, philodendrons e poinsettias, entre outras, que devem ser mantidas bem fora do alcance do seu cachorro..
• Fiação elétrica. Eles podem e vão morder os cabos que estiverem aparentes e soltos. Procure mantê-los presos e nivelados com a parede ou protegidos por capas protetoras.
• CDs e DVDs. Um brinquedo interessante, mas que podem ser mascados e quebrados, soltando lascas bastante perigosas.
• Armários de cozinha e banheiro fáceis de abrir. Seu animal poderá ter acesso a produtos de limpeza ou medicamentos, que acabarão por intoxicá-los.
• Óleo de cozinha ou água fervendo. Mantenha o seu cão fora da cozinha sempre que estiver preparando algum alimento. Você poderá tropeçar nele enquanto cozinha e causar um eventual acidente.
• Vaso sanitário. Filhotes adoram pular para dentro deles! Mantenha a tampa sempre fechada.
• Portas abertas. Você pode pensar que eles não vão entrar em casa, mas vão sim. Certamente, na primeira oportunidade eles irão direto para os brinquedos das crianças, e podem existir peças pequenas, um risco enorme para seu cãozinho. Fechos automáticos para portas, um portão de segurança e vigilância são fundamentais.

Perigos externos

• Lagos ou piscinas. Se seu cão puder entrar, certifique-se de que ele conseguirá sair. O ideal é treinar os filhotes a nadar e sair da água tão logo seja possível.
• Cuidado com plantas tóxicas. Elas podem ter um odor agradável e seu cachorrinho poderá comê-las.
• Caixotes de lixo ou sacos plásticos. Uma coisa tentadora para um animalzinho curioso, mas potencialmente letal.
• Garagem. Limpe quaisquer sujeiras ou resíduos de produtos químicos que estejam no chão e guarde todos os produtos químicos e tintas num lugar alto, fora de alcance do cachorro e certifique-se de não haver fiação exposta.
• Portas abertas ou buracos na cerca. Se o seu jardim não for totalmente cercado, não deixe seu cão sozinho do lado de fora. Mantenha-o sempre com a coleira com a identificação e, de preferência, aplique o microchip no caso dele escapar.